sábado, 16 de dezembro de 2017
(12) 98262-2987 (Whatsapp)
contatojg@jornaldeguara.com.br

População cobra carro-fumacê em Guaratinguetá – Vigilância em Saúde informa sobre

5 de outubro de 2017

Foto: Arquivo Jornal de Guará

A população Guaratinguetaense está sofrendo com a infestação de pernilongos em vários bairros. A proliferação do Aedes aegypti, transmissor da dengue, chikungunya e zika, é uma das maiores preocupações dos moradores. Segundo os munícipes, a ausência do carro-fumacê nas ruas tem contribuído para o agravo do problema.

De acordo com Luís Antônio, morador do bairro São Manoel, o carro-fumacê não passa há muito tempo por lá. “Gostaria de saber por onde anda o carro-fumacê. Faz tempo que não vejo esse veículo passando pelas ruas, vários amigos estão me dizendo que a infestação desses mosquitos estão em vários bairros da cidade”, disse ele.

No bairro Jardim do Vale, a situação é a mesma. “Após meu vizinho efetuar uma limpeza em dois terrenos baldios, os mosquitos tomaram conta das residências e não estamos aguentando a intensa infestação de pernilongo”, informou a moradora Jaqueline Silva.

Vigilância em Saúde

O Médico Veterinário da Vigilância em Saúde, Felipe Guedes informou, que só serão retomadas as atividades do carro-fumacê, quando houver surtos de dengue. E enfatiza, que a finalidade do fumacê é somente para essa ação. Alem disso, os Agentes Epidemiológicos estão em contantes visitas nas residências, na tentativa de prevenir  a proliferação do Aedes aegypti, transmissor da dengue, chikungunya e zika. Sendo assim, não há previsão para esta finalidade. Clique aqui e comente no Facebook do Jornal de Guará.