Temporal deixa 200 pontos com galhos e árvores caídas em Guaratinguetá « Jornal de Guaratinguetá

Temporal deixa 200 pontos com galhos e árvores caídas em Guaratinguetá

4 de setembro de 2018

Fotos/Divulgação: Prefeitura

O rápido temporal que atingiu Guaratinguetá na noite desta segunda-feira (03) causou alguns danos pela cidade. O volume de chuva não foi tão alto, porém, ventos fortes e concentrados foram responsáveis por transtornos no município. Foi registrada chuva de 11 milímetros pela Defesa Civil. No entanto, os ventos atingiram cerca de 70 km por hora, especialmente na região que envolve os bairros Chácara Selles, Campo do Galvão, Pedregulho e Village Santana. Equipes da Prefeitura (Defesa Civil, Meio Ambiente e Segurança e Mobilidade Urbana) realizaram atendimentos à população tão logo a chuva teve início.

Por toda a cidade, a Defesa Civil registrou 200 pontos com galhos e árvores caídas, com alguns transtornos maiores registrados. Nas avenidas Juscelino Kubitschek de Oliveira e João Pessoa, na ponte Rosinha Filippo (em frente ao shopping) e parte baixa do bairro Pedregulho, foram os locais onde o trânsito precisou ser parcialmente interrompido. Poucas horas depois, após trabalho da Defesa Civil e secretarias de Meio Ambiente e Segurança e Mobilidade Urbana, as vias já estavam liberadas.

No bairro Campo do Galvão, um destalhamento causou danos em ao menos duas residências vizinhas, mas sem risco estrutural nas moradias. Já no Village Santana, uma obra de desaterramento provocou deslizamento de terra e três residências passam por vistorias pela Defesa Civil para saber se haverá interdições parciais ou totais das mesmas, além de possíveis notificações aos responsáveis.

Foto: Deivid – Campo do Galvão

A Defesa Civil tem Plantão de Atendimento do órgão funcionando 24h, por meio dos fones 199 e 3122 5130, para qualquer emergência.  Clique aqui e comente no Facebook do Jornal de Guará.