Enteada era abusada desde os 13 anos, e padrasto é preso em Guaratinguetá « Jornal de Guaratinguetá

Enteada era abusada desde os 13 anos, e padrasto é preso em Guaratinguetá

9 de janeiro de 2019

Um homem de 44 anos foi preso na manhã desta terça-feira (8) por volta das 11h, na Rua Coronel Pires Barbosa, no bairro Campo do Galvão em Guaratinguetá. A prisão preventiva do suspeito estava decretada desde Agosto de 2018, após a Polícia Civil (DDM) obter informações que a enteada dele, de 16 anos, era abusada por ele desde os 13 anos de idade. De lá para cá, o suspeito havia desaparecido, mas foi capturado.

De acordo com informações, a mãe da adolescente era amasiada com Carlos há cinco anos, e, nesse período quando ela saia para trabalhar em casa de família, sua filha era abusada por ele. Cansada de ser ameaçada, a vítima decidiu informar a mãe sobre o que ocorria há anos.

Além disso, a genitora em conversação com o suposto marido, ele acabou declarando que realmente praticava o ato, mas disse a ela caso registrasse o Boletim do Ocorrência iria matar a mãe e a filha. Inclusive, a foto do suspeito chegou a circular nas redes sociais no ano passado.

Com posse das informações e características do suspeito, a Polícia Civil ( DDM) vinha investigando sobre o paradeiro de Carlos, que acabou sendo flagrado e preso na manhã de ontem. Ele foi encaminhado a Delegacia de Defesa da Mulher, no qual foi ouvido, em seguida encaminhado à Cadeia Pública de Lorena.

Clique aqui e comente no Facebook do Jornal de Guará