Médicos cogitam greve a partir de amanhã em Guaratinguetá « Jornal de Guaratinguetá

Médicos cogitam greve a partir de amanhã em Guaratinguetá

3 de outubro de 2018

Com salário atrasado há mais de 10 dias, profissionais cogitam greve a partir desta quinta-feira, 4 de outubro, em Guaratinguetá. O motivo seria também, sobre a defasagem nos salários e a falta de outros médicos no atendimento prioritário, no Pronto Socorro Municipal.

Os médicos que integram no atendimento na entidade afirmaram que manterão apenas os atendimentos de urgência e emergência no Pronto Socorro Municipal – a entidade é a principal “porta de entrada” de pacientes para o Sistema Único de Saúde (SUS) no município.

Procurada pela reportagem, a Prefeitura Municipal de Guaratinguetá, afirmou que os médicos estão recebendo os valores que estavam atrasados. Uma parte foi paga ontem e o restante está sendo pago hoje. Clique aqui e comente no Facebook do Jornal de Guará.