Mulher é encontrada amordaçada com o corpo carbonizado e suspeito de ter praticado o crime é preso em Aparecida - Jornal de Guaratinguetá Jornal de Guaratinguetá

Mulher é encontrada amordaçada com o corpo carbonizado e suspeito de ter praticado o crime é preso em Aparecida

9 de junho de 2019

Imagem meramente ilustrativa

Uma mulher de aproximadamente 50 anos foi encontrada morta, amordaçada, com o corpo carbonizado e com sinais de violência, na tarde deste sábado (08/06), na rua José Soares, no bairro Santa Terezinha, em Aparecida. Um martelo, uma marreta e uma faca foram aprendidos no local do crime. O suspeito foi preso.

A Polícia Militar foi acionada por volta das 15h30, e encontrou a vítima carbonizada, amordaçada e com sinais de violência em um dos cômodos da casa. Há suspeitas que ela tenha sido estuprada antes de ter sido morta pelo criminoso. O local permaneceu preservado até a chegada da Polícia Científica.

No momento em que a perícia estava no local do crime, o filho da vítima informou a polícia que tinha visto um homem saindo da residência com um botijão de gás. Nas buscas na circuvinzinhança, os agentes conseguiram localizar o suspeito. Inclusive, existem provas sobre autoria do crime.

O homem foi preso e levado ao Plantão Policial de Aparecida, onde permaneceu preso à disposição da justiça. Até o presente momento, não foi possível saber a motivação do crime.

Familiares informaram que Maria Aparecida (vítima) estava feliz, pois havia sido contratada recentemente para trabalhar no Santuário Nacional.

Clique AQUI e comente no Facebook do Jornal de Guará

www.jornaldeguara.com.br – A informação a um click de você