Exame sorológico descarta febre amarela em paciente da cidade de Potim/SP « Jornal de Guaratinguetá

Exame sorológico descarta febre amarela em paciente da cidade de Potim/SP

8 de fevereiro de 2018

A Secretaria de Saúde informou na tarde desta quinta-feira (08/02), que os exames sorológicos realizados no paciente da cidade de Potim, que estava internado na Santa Casa de Aparecida desde o dia de 19 de janeiro, descartaram a possibilidade de Febre Amarela e dengue.

Ainda segundo informações, o paciente foi transferido para o Hospital Regional em Taubaté para realizar o tratamento adequado, devido o exame médico apontar uma outra doença.

Vacinação: vai até o dia 17 de fevereiro

Quem não pode tomar a vacina?  Mulheres em fase de amamentação, crianças menores de 9 meses, pacientes recém transplantados e pessoas em fase de quimioterapia e radioterapia. Gestantes só devem tomar a vacina se forem viajar para as principais áreas de risco.

Serão priorizadas para as doses completas (0,5 ml) as crianças de 9 meses a 2 anos de idade, pessoas com condições clínicas especiais como aids, doenças hematológicas ou após término de quimioterapia, gestantes (com anuência do médico) em zonas de risco e viajantes internacionais, mediante apresentação do comprovante de viagem.

Já a versão fracionada (0,1 ml) será administrada durante esse período a toda população acima dos 2 anos de idade. Pessoas acima de 60 anos devem se consultar com o médico antes de tomar a vacina.

Sintomas:

A febre amarela é uma doença infecciosa grave, causada por vírus e transmitida por vetores. Geralmente, quem contrai este vírus não chega a apresentar sintomas ou os mesmos são muito fracos. As primeiras manifestações da doença são repentinas: febre alta, calafrios, cansaço, dor de cabeça, dor muscular, náuseas e vômitos por cerca de três dias. A forma mais grave da doença é rara e costuma aparecer após um breve período de bem-estar (até dois dias), quando podem ocorrer insuficiências hepática e renal, icterícia (olhos e pele amarelados), manifestações hemorrágicas e cansaço intenso. Clique aqui e comente no Facebook do Jornal de Guará.