Homem é preso com mais de 180 quilos de frango caipira em abatedouro clandestino de aves em Cunha « Jornal de Guaratinguetá

Homem é preso com mais de 180 quilos de frango caipira em abatedouro clandestino de aves em Cunha

8 de junho de 2018

Foto/Divulgação: Polícia Ambiental

A Polícia Militar Ambiental prendeu um homem de 60 anos, com mais de 180 quilos de frango caipira abatidos em uma residência, no bairro Paraibuna em Cunha.

Segundo a Polícia Ambiental, após receber denúncia anônima sobre abate clandestino na região, os policias se deslocaram até o local mencionado. Na chegada na residência (ponto comercial), o proprietário juntamente com os agentes realizaram uma fiscalização no imóvel. E, dentro de um freezer havia uma caixa de isopor com aproximadamente 180 quilos de frango caipira abatidos, manipulados e embalados, pronto para comércio e consumo. Na parte externa do bar, foram localizados 03 frangos recém abatidos e depenados.

Foto/Divulgação: Polícia Ambiental

Ainda segundo os agentes, nos fundos da casa havia um galinheiro sem nenhuma condição de higiene (insalubre), fora dos padrões de qualidade, onde era utilizado para o abate das referidas aves (abatedouro clandestino).

O proprietário da residência informou aos policias que, abatia as aves para comercializar os animais nos restaurantes e açougues do município de Cunha e Paraty/RJ. Informou ainda, que  há 07 anos abate em média 60 aves por dia no local.

Diante do exposto, foi acionada a Polícia Técnica Científica e Vigilância Sanitária, sendo tudo apreendido para destruição. O proprietário foi preso e conduzido ao Distrito Policial de Cunha/SP, onde o Delegado de Plantão ratificou a voz de prisão, sendo encaminhado a Cadeia Pública de Lorena, por se enquadrar no disposto artigo 7 da lei 8137/90 parágrafo IX, CRIME CONTRA AS RELAÇÕES DE CONSUMO.  Clique aqui e comente no Facebook do Jornal de Guará.