Menina de 13 anos alega a mãe que foi abusada pelo pai de sua amiga em Guaratinguetá

6 de Março de 2018

Local que a ocorrência foi apresentada – Plantão Policial

Uma menina de 13 anos alegou a sua mãe que havia sido abusada pelo pai de sua amiga, no último sábado (03/03), em Guaratinguetá. A adolescente teria ido dormir na casa da colega, da mesma idade, para passar o final de semana.

De acordo com relatos a Polícia Militar, a menor ao retornar para casa na segunda-feira (05/05), a mãe da garota teria suspeitado do comportamento da filha e passou a indagar a menina, que acabou informando que o pai de sua colega teria passado as mãos em suas pernas, braços e nádegas, além de ter cometido outros atos obscenos, e, que teria feito o mesmo com sua filha. O suposto estuprador de vulnerável foi encontrado pela Polícia Militar e negou os fatos.

A filha do suspeito declarou à polícia, que as duas dormiram no mesmo quarto e que não viu seu pai fazer nada com sua amiga. As partes foram encaminhados ao Distrito Policial, para adoção das medidas de polícia judiciária, e ambos foram liberados em seguida.  Clique aqui e comente no Facebook do Jornal de Guará.

GIF-REVISADO