Polícia Militar prende quadrilha que assaltou joalheira no Buriti Shopping em Guaratinguetá « Jornal de Guaratinguetá

Polícia Militar prende quadrilha que assaltou joalheira no Buriti Shopping em Guaratinguetá

6 de agosto de 2018

Foto/Divulgação: Polícia Militar

Uma quadrilha foi presa após praticar um assalto a uma joalheria, na manhã deste sábado (04) por volta das 10h, no Buriti Shopping, na Avenida Juscelino kubitschek de Oliveira, no Campo do Galvão, em Guaratinguetá. Os assaltantes foram presos em Taubaté.

De acordo com a Polícia Militar, após informações que os ladrões teriam cometido o crime na joalheria e fugido em um veículo Chevrolet Ônix, de cor prata, os policiais militares realizaram patrulhamento na circunvizinhança e localizaram o carro estacionado na via. Diante de outras informações que os criminosos teriam fugido em dois veículos, um de cor azul e outro, de cor vermelha. Os agentes transmitiram na rede de rádio da PM, onde através de um trabalho estratégico, se posicionando às margens da via Dutra, na entrada de Pindamonhangaba. Não demorou muito tempo, a equipe avistou os dois veículos suspeitos trafegando pela rodovia sentido São Paulo. De imediato, os policias militares realizaram um breve acompanhamento e conseguiram abordar o veículo Chevrolet Prisma, de cor azul, na entrada do Distrito Industrial, em Taubaté. Um dos assaltantes foi abordado e com ele havia dois revólveres, uma pistola, 3 bolsas contendo relógios, jóias e óculos de sol.

O outro veículo Renault Sandero, de cor vermelha, não obedeceu a ordem de parada e empreendeu fuga, colidindo em um veículo pela Avenida Faria Lima. Em seguida, os cinco ocupantes fugiram a pé, mas três deles foram capturados, na rua Cândida Moreira, sendo que, os demais foram abordados em outra rua.

Ainda de acordo com a PM, dos 6 homens abordados, quatro possuem antecedentes criminais. A quadrilha foi encaminhada para o Plantão Policial de Taubaté, onde permaneceram presos à disposição da justiça. O representante da joalheira de Guaratinguetá esteve no Distrito Policial, para verificar o valor dos objetos roubados, que até o término desta reportagem não foi divulgado. Clique aqui e comente no Facebook do Jornal de Guará.