Residencial Flamboyant pode ser invadido a qualquer momento em Guaratinguetá

10 de julho de 2018

Beneficiários do Programa Minha Casa Minha Vida, em Guaratinguetá reclamam da demora para a entrega das moradias do Residencial Flamboyant, no bairro Vila Brasil. Alguns deles já estão querendo invadir o local.

Os contemplados a primeira etapa (Flamboyant I) dos apartamentos foram informados, no dia 16 de agosto de 2017. Com isso, já se passaram 11 meses, e o conjunto habitacional ainda não foi entregue. O prazo que havia sido mencionado para entrega, seria até o dia 07 de julho 2018.

Cerca de 528 famílias, já assinaram o contrato de moradia (Residencial Flamboyant I II III), mas até o momento não receberam as chaves dos apartamentos. Além disso, os contemplados já haviam recebido o boleto para que fosse efetuado o pagamento da primeira parcela do imóvel, no dia 28 de julho.

A senhora Maria de Fátima, de 60 anos, aguarda ansiosamente pela entrega. Ela foi contemplada e já participou de todas as reuniões marcadas pela Secretaria de Assistência Social. “Não sei mais o que dizer, pois sempre surge um impedimento para a entrega da chave do meu sonhado apartamento. Além disso, meu boleto da primeira parcela do imóvel vence no dia 28 de julho. Como vou pagar algo que ainda não adquiri?”, reclamou.

“Eu passo por situação delicada que é o desemprego. Fora isso, tem também o medo de invadirem o local, como já estão mencionado em fazer. Mas o que mais sinto raiva é que os meses estão passando e pelo jeito, existe desinformação por parte de alguém”, disse uma das contempladas que não quis se identificar.

Outro lado

O Secretário de Assistência Social, Arilson dos Santos informou que ainda não há previsão exata para entrega das chaves dos apartamentos. Haverá uma reunião com a Caixa Econômica nesta quarta-feira (11), para tratativas sobre a data de entrega do residencial. E, referente a primeira parcela do imóvel que teria que ser pago, no dia 28 de julho, foi cancelada pela Caixa Econômica Federal. Tendo em vista que, a partir da data de entrada de cada contemplado, haverá um prazo de 30 dias, para que seja efetuado o pagamento da primeira parcela do imóvel, que variam entre R$ 80, 00 e R$ 230, 00 reais.

Tentamos contato com o setor habitacional da Caixa Econômica Federal, mas até o término desta reportagem não obtivemos êxito. Clique aqui e comente no Facebook do Jornal de Guará

GIF-REVISADO