Atendente da PM salva por telefone bebê engasgado com leite materno - Jornal de Guaratinguetá

Atendente da PM salva por telefone bebê engasgado com leite materno

5 de novembro de 2019

Cb PM Ana Lúcia com a criança sã e salva no hospital

Uma policial militar salvou um bebê que estava engasgado nesta segunda-feira (04/11), em Lorena. De acordo com a corporação, após ligação 190, na qual a solicitante informava que sua filha, de apenas 05 dias, estava engasgada com leite materno e já apresentava pele arroxeada, a atendente pelo 190, Cb PM Ana Lúcia iniciou os procedimentos de orientação à família para o desengasgamento da bebê.

Através da orientação correta, os familiares realizaram a Manobra de Heimlich na bebê, no qual proporcionou o sucesso na desobstrução das vias aéreas da criança, que voltou a respirar, iniciando um choro, propiciando o aguardo da Unidade de Resgate do Corpo de Bombeiros para a condução da recém-nascida até o hospital de Lorena, onde passou por atendimento médico e, em seguida, liberada para o convívio de sua família.

Além do atendimento por telefone, a Cabo PM Ana Lúcia demonstrou sua humanidade, fazendo questão de ir ao hospital, logo após o término de seu turno de serviço para saber a situação de saúde da criança, demonstrando assim que “nós policiais militares estamos compromissados com a defesa da vida, da integridade física e da dignidade da pessoa humana”.

Manobra de Heimlich

A Manobra de Heimlich é um procedimento a ser feito nos casos em que a criança está inconsciente. Ela consiste na compressão abdominal capaz de desobstruir as vias aéreas do bebê pela descompressão do diafragma, órgão responsável por regular a entrada e a saída de ar do corpo humano. Para saber se a criança perdeu a consciência após um engasgo, se atente aos sintomas: ele não responde com nenhum movimento quando chamado ou tocado, não chora, não se mexe, não tem reação; está com a respiração agonizante; ou está desmaiado.

Em situações como essa, você deve ligar para os bombeiros ou para a unidade móvel de saúde, mas, de acordo com o Corpo de Bombeiros, precisa começar a fazer as manobras o quanto antes.

1- Mantenha o seu filho deitadinho, em uma superfície bem firme (pode ser uma mesa ou até mesmo no chão). Usando dois dedos, comprima o osso esterno, que está localizado na região central do peito do bebê com uma profundidade de 4 centímetros (aproximadamente de 2 a 3 dedos). Repita o movimento por 30 vezes, dando um tempo para que a área comprimida volte ao normal.

2- Após realizar os 30 movimentos, abra delicadamente a boca do seu filho e faça duas ventilações, enchendo sua boca de ar e soprando dentro da boca e das narinas da criança. No momento de abrir a boca, faça com as duas mãos: uma deverá ir para a testa e a outra deverá estar posicionada com o polegar e o indicador puxando o queixo dele para trás. Repita o processo até perceber que seu tórax deu uma levantadinha. Caso isso não aconteça, faça novamente todo o procedimento até o socorro chegar.

Dicas importantes: Você pode fazer, no máximo, de cem a cento e vinte compressões por minuto, para simular o coração do bebê batendo. Também é fundamental que, após as compressões, você deixe o peito do bebê voltar ao normal, para que o coração consiga bombear sangue.

Clique AQUI e comente no Facebook do Jornal de Guará/Marcos Aurélio

www.jornaldeguara.com.br – A informação a um click de você