Jovem é internada após aborto e polícia investiga o caso em Guaratinguetá

18 de junho de 2020

IML de Guaratinguetá

A Delegacia de Defesa da Mulher investiga um caso de aborto que ocorreu na madrugada desta quinta-feira (18/06) por volta das 0h45, em Guaratinguetá. A jovem passou mal em casa, no bairro Jardim do Vale, e foi levada a unidade hospitalar.

Conforme a polícia, a jovem, de 20 anos, apresentou fortes dores abdominais, tomou dorflex e chá de camomila, e foi levada pelos pais ao Pronto Atendimento do Hospital Maternidade Frei Galvão. Além disso, a paciente teria ido ao banheiro por três vezes, apresentando sangramento.

Em seguida, ela passou por atendimento médico, no qual constatou que a jovem estava grávida e havia abortado um feto de 28 semanas, sexo feminino. Durante a examinação da paciente, a médica constatou o óbito do feto.

A Polícia Militar (PM) foi chamada e registrou o caso. A unidade hospitalar informou que a paciente continuava internada e seu estado de saúde é estável.

O feto foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal), onde passará por exames. Seguem as investigações com a Delegacia de Defesa da Mulher.

Clique AQUI e comente no Facebook do Jornal de Guará/Marcos Aurélio

www.jornaldeguara.com.br – A informação a um click de você