Menor de 11 anos furta relógio da feira e mãe já foi condenada a pagar multa por corrigi-lo em Guará - Jornal de Guaratinguetá

Menor de 11 anos furta relógio da feira e mãe já foi condenada a pagar multa por corrigi-lo em Guará

9 de outubro de 2019

Imagem/Divulgação: Polícia Militar

Um adolescente de 11 anos foi levado a delegacia após furtar um relógio de uma feira, no bairro Jardim do Vale. Caso inusitado é que, segundo a mãe do garoto, ela já foi condenada a pagar R$ 500,00 de multa por ter “batido” nele, para tentar corrigi-lo em outra ocasião.

Segundo a Polícia Militar, os agentes foram acionados pela mãe do menino, informando que seu filho menor de idade havia furtado um relógio na feira. Em diálogo com o menor, ele confirmou que furtou o objeto da marca G-Shock e entregou ao “amigo” de 16 anos, que mora nas proximidades.

A polícia após informar ao Conselho Tutelar sobre o ocorrido, seguiu juntamente com a mãe do menor de 11 anos, até a casa do amigo de 16 anos. Na chegada na residência, o suspeito negou que estava com o relógio que havia sido furtado, porém foi desmentido pela sua mãe, que acabou declarando que o relógio estava escondido no quarto do filho e, em seguida entregou o objeto aos policiais.

Em contato com o proprietário da barraca, a vítima não teve dúvidas que os dois menores, com mais dois indivíduos haviam furtado o relógio. Sendo assim, ambos foram encaminhados ao Plantão Policial, onde compareceu a Conselheira Tutelar, que já acompanha o menor. Inclusive, o adolescente de 11 anos, foi indicado para o abrigo e será apresentado ao Juiz na Vara da Infância e Juventude.

Ainda segundo a PM, a mãe, segundo ela, foi condenada em outra ocasião a pagar R$ 500,00 de multa, por ter “batido” em seu filho para tentar corrigi-lo.

Clique AQUI e comente no Facebook do Jornal de Guará/Marcos Aurélio

www.jornaldeguara.com.br – A informação a um click de você