Início Notícias Guará Criminoso é preso por furtar estabelecimento comercial no Campo do Galvão

Criminoso é preso por furtar estabelecimento comercial no Campo do Galvão

Já, o outro comparsa conseguiu fugir

3332
0
Imagem/Divulgação: Polícia Militar

Um homem foi preso na prática de furto no Quiosque Buffet, na noite desta segunda-feira (26), na Rua Alvares Cabral, no Campo do Galvão, em Guaratinguetá. Já, o outro comparsa conseguiu fugir.

De acordo com a Polícia Militar, a ocorrência foi irradiada via rádio dizendo que duas pessoas haviam adentrado no estabelecimento, pulando o muro. De imediato, os policiais se deslocaram até o local. Na sequência, os agentes encontram o estabelecimento todo fechado, porém com a cerca serpentina danificada.

Em contato com o proprietário, os policias pediram para que abrisse o estabelecimento, sendo constatado que o local havia sido furtado, no qual tinha uma mesa de bistrô encostada no muro, dando a entender que os criminosos pularam por ali, e adentraram no outro estabelecimento que se encontravam vazio (antigo Supermercado Máximo).

Sendo assim, as equipes se empenharam em pular o muro do estabelecimento com apoio de uma escada para verificar o local, onde os bandidos ao perceberem que as equipes estavam pulando o muro, empreenderam fuga, um subindo o telhado do antigo Máximo, sendo impossível capturá-lo. Já, o outro pulou o muro da frente, saindo na rua empreendendo fuga a pé.

Os policiais através de acompanhamento também a pé abordaram o suspeito próximo a Praça Piratininga, na qual foi realizada a busca pessoal, onde nada foi encontrando com ele, porém ao vistoriar o local onde estavam escondidos, foram localizadas duas mochilas cheias de vários itens alimentícios e ferramentas que utilizaram para arrombar os freezers, havia também um ventilador, 06 baldes de colocar gelo para bebidas e 01 abridor saca rolhas.

Diante dos fatos,  foi dado voz de prisão ao criminoso, sendo conduzido ao Plantão Policial, onde foi ratificado a voz de prisão,  permanecendo o infrator da lei à disposição da justiça.

Clique aqui e comente no Facebook do Jornal de Guará