Jovem com suspeita de aborto, coloca feto em saco de lixo e pendura em árvore em Guaratinguetá « Jornal de Guaratinguetá

Jovem com suspeita de aborto, coloca feto em saco de lixo e pendura em árvore em Guaratinguetá

17 de dezembro de 2018

Imagem ilustrativa

Uma jovem de 21 anos com provável aborto espontâneo, colocou o feto num saco de lixo e pendurou em uma árvore na manhã deste domingo (16), no bairro Jardim Panorama em Guaratinguetá. Ela estava grávida de aproximadamente 7 meses e teria perdido o bebê, segundo informou a polícia.

De acordo com informações, a gestante teria passado mal e tido uma hemorragia na residência do tio, onde trabalha como babá para sua esposa. O tio ao perceber que a sobrinha estava com sangramento, acionou a equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), sendo levada ao hospital, com indícios de aborto.

Durante o atendimento, o médico constatou que a hemorragia era resultado de um possível abordo e por isso acionou a polícia. O tio informou às autoridades que não sabia que a sobrinha estava grávida, mas disse que já havia levado ela ao pronto atendimento na semana passada.

Em conversação com a enfermeira da unidade hospitalar, a jovem informou que após ter entrado em trabalho de parto teria colocado o feto no saco de lixo e pendurado em uma árvore, no fundo da residência para que os cachorros não mexessem. Ela chegou informar que não se tratava de um feto e sim um tumor que havia expelido.

O tio da jovem ao saber do ocorrido, seguiu para sua casa e visualizou o saco de lixo pendurado na árvore, e identificou que se tratava de um feto masculino. Em seguida, conduziu a criança para o Pronto Socorro, mas já estava sem vida.

A Polícia Científica esteve na residência elaborando a perícia técnica, e durante vistoria na casa, não havia nada que caracterizasse que a jovem teria causado aborto por sua vontade. O caso será investigado.

  Clique aqui e comente no Facebook do Jornal de Guará