Mulheres são flagradas com entorpecente e microcelular escondidos nas partes íntimas em Penitenciária de Potim e região - Jornal de Guaratinguetá
*ROLE PARA CIMA PARA LER A NOTÍCIA*

Mulheres são flagradas com entorpecente e microcelular escondidos nas partes íntimas em Penitenciária de Potim e região

8 de abril de 2019

A Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) informou na manhã desta segunda-feira (08) que foram apreendidos 199 gramas de maconha e um microcelular em unidades prisionais do Vale do Paraíba. As ocorrências são do final de semana, dias 6 e 7 de abril, e o material foi encontrado com visitantes e em ronda de rotina da área externa do presídio.

No sábado, por volta das 9h, uma mulher de 27 anos foi flagrada com 10 gramas de maconha em um invólucro escondido entre as nádegas na Penitenciária “AEVP Jair Guimarães de Lima”, a P1 de Potim. O pacote foi identificado nas imagens geradas pelo escâner corporal. Questionada, a suspeita negou portar ilícitos e tentou retirar a droga sorrateiramente, porém foi surpreendida pela agente de revista, que apreendeu o material.

Na manhã do dia seguinte, no Centro de Detenção Provisória de São José dos Campos, outra visitante foi barrada ao ser revistada pelo bodyscanner. A mulher, de 43 anos, carregava um microcelular dentro do ânus, que seria entregue a seu companheiro, preso no estabelecimento penal. O aparelho foi retirado espontaneamente e em local reservado.

Ainda no domingo, às 16h30, as agentes em ronda na área externa da Ala de Progressão Penitenciária (APP) da Penitenciária Feminina 2 de Tremembé encontraram um pacote, em uma das lixeiras do presídio, com 189 gramas de maconha.

As duas visitantes e os ilícitos apreendidos foram encaminhados para a Delegacia de Polícia, onde foram lavrados os Boletins de Ocorrências. As mulheres tiveram seus nomes suspensos do rol de visitas da SAP. As direções das unidades prisionais enviaram comunicados para a Vara de Execuções Criminais, além de instaurarem Procedimento Disciplinar Apuratório.

Imagem/Divulgação: SAP – Clique aqui e comente no Facebook do Jornal de Guará.