Reação da vacina da gripe é mito ou verdade? Prefeitura diz que é mito! « Jornal de Guaratinguetá

Reação da vacina da gripe é mito ou verdade? Prefeitura diz que é mito!

7 de junho de 2018

Casos de uma suposta reação após aplicação da vacina da gripe foram encaminhados esta semana a redação do Jornal de Guará. Inclusive, “eu sendo pai, minha filha de 5 anos, tomou a vacina, no dia 22 de maio, no Posto de Saúde da Cohab em Guaratinguetá, e teve uma gripe fortíssima logo após”, informou Marcos Aurélio.

“Eu não tomo faz muito tempo, desde que tive febre alta e dificuldades respiratórias nas duas vezes que tomei, fiquei muito mau. Agora estou com medo te tomar”, enfatizou Rosimeire.

“É normal, uma vez eu tomei e fiquei um mês gripado, mas depois disso, dificilmente ficava com gripe”, disse Elias.

Além desses comentários, outras pessoas expressaram situações parecidas.

Segue abaixo a nota enviada pela Prefeitura de Guaratinguetá

A vacina contra a influenza (gripe) é inativada, contendo vírus mortos ou fracionados NÃO podendo, portanto, causar gripe. Quadros respiratórios simultâneos podem ocorrer SEM RELAÇÃO ALGUMA de causa-efeito com a vacina. A vacina só não é recomendada para quem tem alergia à proteína do ovo – usada na sua fabricação. Mas reitera que não há nenhuma possibilidade da vacina – com vírus mortos ou fracionados – ser causa de gripe. Ocorre que como a vacina é aplicada numa época em que há muitos vírus circulando, as pessoas ficam mesmo mais gripadas. Mas certamente por outros vírus que não os contidos na vacina.

A Secretaria Municipal de Saúde ainda se preocupa com esse tipo de “notícia”, ou correntes de redes sociais, sem nenhum fundamento técnico, sem nenhum compromisso com a realidade dos fatos, que podem causar prejuízos à tão importante “Campanha de Vacinação contra a Gripe”, que salva vidas! Clique aqui e comente no Facebook do Jornal de Guará.