Três mulheres são barradas com ilícitos em presídios de Potim e Região

13 de janeiro de 2020

Imagem/Divulgação: SAP

A Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) informou nesta manhã de segunda-feira (13/01) que três mulheres foram barradas com material ilícito nas portarias de presídios de Taubaté e de Potim no último sábado, dia 11 de janeiro. Ao todo, foram apreendidos mais de 118 gramas de entorpecentes, além de um aparelho de celular.

No Centro de Detenção Provisória “Dr. Félix Nobre de Campos”, o CDP de Taubaté, duas jovens de 22 anos foram surpreendidas com invólucros na vagina ao serem revistadas com o escâner corporal. Indagadas, uma delas admitiu que trazia 42 gramas de cocaína e 49,2 gramas de maconha no corpo, a outra confessou ter escondido um celular dentro do órgão genital. Ambas são cadastradas como companheiras de detentos do presídio e retiraram o material espontaneamente em local reservado.

No mesmo dia, na Penitenciária “AEVP Jair Guimarães de Lima”, a P1 de Potim, a irmã de um sentenciado foi flagrada cometendo uma infração. A visitante de 34 anos foi inspecionada com o bodyscanner, quando as agentes identificaram algo estranho em seu corpo. Questionada pelas servidoras, a suspeita contou que trazia invólucros com maconha escondidos na roupa íntima – dois no sutiã e um na calcinha, somando 27 gramas da erva.

As três mulheres foram encaminhadas para a Delegacia de Polícia, onde foi lavrado o Boletim de Ocorrência, e tiveram seus nomes suspensos do rol de visitas da SAP. As direções das unidades prisionais enviaram comunicados para a Vara de Execuções Criminais, além de instaurarem Procedimento Disciplinar Apuratório.

Clique AQUI e comente no Facebook do Jornal de Guará/Marcos Aurélio

www.jornaldeguara.com.br – A informação a um click de você