Início Notícias Bondinhos Aéreos de Aparecida retomam operação

Bondinhos Aéreos de Aparecida retomam operação

46
Divulgação: Wilson Silvaston

Após um período de pausa nas operações, os Bondinhos Aéreos de Aparecida retomam suas atividades neste sábado, dia 11 de setembro, às 8h. A partir de agora, o atrativo funcionará todos os dias, nos seguintes horários: de segunda a sexta-feira, das 9h30 às 16h; aos sábados, das 8h às 17h, e aos domingos, das 8h às 16h30.

O empreendimento ficou sem funcionar durante 5 meses para a realização de obras de revitalização e infraestrutura no Morro do Cruzeiro, como pintura das sinalizações, atualização das placas informativas e recapeamento do asfalto.

A Bontur Bondinhos Aéreos em Aparecida, no interior de São Paulo, é um dos principais atrativos turísticos do Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida, o maior templo dedicado à Virgem Maria no Mundo. Inaugurado em 25 de junho de 2014, o empreendimento faz a ligação da Basílica com o Morro do Cruzeiro, outro importante local de peregrinação do município.

Ao todo são 47 bondinhos construídos com tecnologia suíça, que percorrem uma distância de 1,100 km de extensão, a uma altura de até 120 metros. Cada cabine tem capacidade para seis pessoas e possibilita aos visitantes viver uma experiência única, com conforto, segurança e uma vista privilegiada do Santuário e da cidade de Aparecida.

Estação Cruzeiro / Torre Mirante

No complexo Morro do Cruzeiro, o devoto encontra as 14 estações da Via Sacra, onde todos os anos são realizadas as celebrações católicas da Sexta-feira da Paixão, durante a Semana Santa.

No alto, além de um altar para orações, os romeiros ainda podem apreciar uma vista privilegiada da Basílica e da cidade de Aparecida, por meio da Torre do Mirante, que possui 30 metros de altura e uma vitrine panorâmica de 360° de toda região.

A subida ao espaço é feita por dois elevadores, que garantem total acessibilidade aos peregrinos de todas as idades. No topo da estrutura uma cruz de 20 metros simboliza o monumento de fé e devoção para os católicos que visitam o Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida.

História

Localizado às margens da Rodovia Presidente Dutra, a 685 m de altitude, o Morro do Cruzeiro é o local onde ocorrem as celebrações da tradicional Via-Sacra na cidade de Aparecida, realizadas todos os anos durante a sexta-feira da Paixão. Uma tradição que começou em 1925, com a fixação da primeira cruz no topo. Vinte e três anos depois, o trajeto ganhou as primeiras capelinhas da Via-Sacra, inauguradas durante a celebração da Semana Santa do ano de 1948, pelo vigário Pe. Antônio Pinto de Andrade.

Em 2000, todo o espaço foi revitalizado, em um projeto arquitetônico do artista plástico Cláudio Pastro e do paisagista Gustaaf Winters. A obra incluiu a arborização, jardinagem e melhoria das instalações, com o asfaltamento do trajeto e a instalação de sinalização, sistema de som e iluminação.

As estações da Via Sacra ganharam painéis ilustrados, produzidos pelo artista plástico Adélio Sarro Sobrinho, que narram a paixão, morte e ressurreição de Jesus Cristo. Uma cruz moldada em aço, pesando 25 toneladas e com 20 metros de altura, foi instalada no topo da Torre Mirante, em homenagens às missões evangelizadoras.

Em 2014, o Morro do Cruzeiro foi presenteado com a instalação dos bondinhos Aéreos, um teleférico com cabines fechadas, que integrou o local ao complexo do Santuário Nacional e facilitou o acesso dos devotos de Nossa Senhora Aparecida.

Clique AQUI e comente no Facebook do Jornal de Guará –